< Voltar para Página Principal

Guia rápido do CFe SAT: tudo que você precisa saber em 5 minutos  

Entenda o que é o CFe SAT, sua diferença perante a NFCe e saiba como baixar seus XMLs em lote para melhorar a apuração de impostos! Acompanhe.

O que é CFe SAT?  

A princípio, quando falamos de CFe SAT, queremos nos referir a cupons fiscais eletrônicos, ou seja, aqueles cupons fiscais emitidos nos pontos de venda das lojas do varejo.

Dessa forma, o nome “CFe SAT” é uma nomenclatura, uma abreviação de Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos.

Em síntese, para ficar mais claro, podemos fazer a seguinte separação:

  • CFe: “Cupom Fiscal eletrônico”;
  • SAT: ” Sistema Autenticador Transmissor”.

O cupom fiscal eletrônico nada mais é que um documento fiscal que registra de forma eletrônica as operações do comercio de varejo.

Seu intuito é substituir as impressoras ficais conhecidas como ECF (emissoras de cupons fiscais), fazendo com que os trâmites legais dos tributos sejam mais simples e eletrônicos.

Como veremos mais a frente, ele é o modelo de cupom fiscal eletrônico oficial no Estado de São Paulo, e possui suas particularidades.

Diferença entre CFe SAT e NFCe  

Você já deve ter ouvido falar da NFCe, que também é um modelo de cupom fiscal. Mas qual a diferença?

Apesar de essencialmente servirem para a mesma coisa, ou seja, os dois são cupons fiscais, o CFe SAT se diferencia por precisar do “SAT”, que é o componente que transmite os XMLs emitidos os PDVs para a SEFAZ do Estado de São Paulo.

Como funciona o CFe SAT?  

Em suma, o SAT é um equipamento físico que possui o certificado digital da empresa e que permite gerar, autenticar e transmitir o cupom fiscal para a Secretaria da Fazenda.

Juntamente com o sistema do PDV, ele transmite os XMLs para a SEFAZ periodicamente, em momentos de menor estresse na rede. Primordialmente, o objetivo do equipamento é tentar manter uma melhor cadência de transmissão de cupons fiscais, mesmo com volumes altos de emissão.

Quando conectado à internet, realiza a transmissão automática dos Cupons Fiscais Eletrônicos para a SEFAZ. Não apenas isso, mas caso haja interrupção de internet, o SAT emite o cupom em contingência.

Importante lembrar:

O Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos (SAT) é uma obrigação do Estado de São Paulo para todas as empresas do varejo com faturamento anual acima de R$ 81.000,00.

Veja mais detalhes sobre a obrigatoriedade no portal da SEFAZ SP.

Como baixar os XML de CFe SAT em lote da SEFAZ SP  

Do lado de quem faz a apuração de impostos e declaração para o FISCO, lidar com os XMLs dos cupons fiscais pode ser uma dor de cabeça.

Isso porque o sistema não é a prova de falhas.

Há momentos em que os cupons não são transmitidos, ou são transmitidos em contingência e até cancelados e as informações podem ser perdidas nesse meio tempo.

Para ajudar a sanar esses problemas, a Fiscal.io desenvolveu uma forma 100% automatizada de baixar toda a relação de cupons fiscais SAT emitidos no Estado de São Paulo e transmitidos para a SEFAZ SP.

Além disso, o sistema mostra a lista de cupons em uma tabela personalizável, que traz todas as informações necessárias para a apuração dos impostos e declaração. É possível exportar a tabela em Excel com muita facilidade (Veja no exemplo abaixo).

Também é possível visualizar se há saltos de numeração, listando os números que não foram identificados.

O recurso de download e análise de cupons fiscais está disponível na versão Enterprise do Fiscal.io Monitor. Acesse a página de planos e clique em “Fale com vendas” para um consultor te guiar no processo de implementação!

Sumário

Artigos populares

Se você é um microempreendedor individual (MEI) prestador de serviços, sabe que precisa emitir a nota fiscal de serviço eletrônicas [...]

Você sabe para que serve a Nota de Remessa? Ela é um tipo de nota fiscal essencial para a movimentação [...]

Neste artigo vamos detalhar os eventos registrados na Nota Fiscal Eletrônica (NFe) pelos destinatários, transportadoras, postos fiscais, áreas de incentivo [...]